Descubra quais os Motores de busca fazem frente ao Google

Descubra quais os Motores de busca fazem frente ao Google

Todos sabemos que o Google tornou-se no motor de busca mais usado.

Não é por acaso que foi criado o termo “Google it” quando temos alguma dúvida.

Sabia que este motor de busca lidera 94% de todo o tráfego orgânico na Internet?

Verdade! Por este motivo é fundamental desenvolver a sua estratégia de SEO, alinhada com as diretrizes gerais do Google.

Mas isto não quer dizer que deve ignorar os outros motores de busca. Alias seria um erro!

Na nossa vasta pesquisa de recursos para desenvolver este artigo encontramos alguns termos de pesquisa interessantes, que demonstram a intenção de alguns utilizadores ao procurarem alternativas ao Google:

  • motores de pesquisa mais utilizados no mundo
  • motores de busca internacionais

Tem mais:

  • motores de busca nacionais
  • motores de busca mais utilizados em portugal
  • outros motores de pesquisa
  • melhores motores de busca
  • motores de busca ingleses

Quem sabe o seu público alvo está englobado nestes 6%, e para isso basta conhecer a sua persona.

Mas vamos passar ao que interessa, a nossa agência digital organizou uma lista com outros motores de busca, e que por acaso começam a fazer frente ao Grande Google!

Vamos avançar?

Se pretender avançar já para essa lista basta utilizar o índice, mas não seria interessante saber primeiro o que é um motor de busca e a sua história?

O que são motores de busca?

Os motores de busca são mecanismos online que servem para nos ajudar a encontrar todo o tipo de conteúdo a partir da utilização de palavras-chave.

Isto é possível devido a uma enorme quantidade de informação que foi indexada na Internet, através de documentos, imagens, textos e outros tipos de carregamento.

Hoje em dia, quando abordamos o tema motor de busca, o primeiro pensamento que temos é o Google, mas existem outros motores além dos que existem na Internet, por exemplo o Word, quando pretende procurar alguma informação no documento usa o mesmo conceito.

Assim que a Internet surgiu, o termo motor de pesquisa ficou rapidamente associado ao site que é utilizado para encontrar informação contida em outros sites. Essa consulta consiste em analisar palavras-chave de sites e apresentar ao utilizado os seus resultados, essa apresentação também é conhecida por SERP ( Search Engine Resuts Page ).

O mais incrível é que estes motores de pesquisa conseguem explorar sites, mesmo que estes não tenham enviado nenhum sitemap.

No entanto, isto nem sempre foi assim, com o progresso da tecnologia esta vai-se encarregando de nos fornecer a melhor experiência na Internet.

Que tal mergulharmos um pouco na história dos motores de busca? Uma viagem incrível que não tem um passado distante, todo este progresso aconteceu à bem pouco tempo…

Verdade!

Conheça a história dos motores de busca

Para facilitar e não tomar muito tempo decidimos criar uma linha cronológica, que se inicia com o primeiro motor de pesquisa o Archie!

Curioso? Então navegue pelo passado e veja o quanto os motores de pesquisa influenciaram o nosso quotidiano.

1990 a 1995

1990 – O primeiro motor de busca foi o Archie. Um ano após terem inventado o World Wide Web (WWW), o motor de pesquisa inicial que rastreou um índice de arquivos para download. Contudo, os dados limitados apenas disponibilizavam listagens e não conteúdo.

1991 – O inventor da WWW Tim Berners-Lee, cria uma biblioteca virtual para apoiar os utilizadores a encontrar URL’s para sites diferentes. Nesta altura os servidores web do CERN hospedaram essa biblioteca no inicio da Internet.

1993 – Neste ano a JumpStation conseguiu alcançar uma pesquisa linear, onde apresentava o título e o cabeçalho de uma página nos mesmos resultados. Este motor de busca classificava os resultados na ordem em que eram encontrados.

1994 – Nasce o Yahoo! criado por Jeryy Yang e David Filo. O site foi a primeira “plataforma” a coletar páginas web na Internet. Incluía descrições feitas manualmente para os URL’s. Os proprietários de sites podiam adicionar sites informativos de modo gratuito, mas os sites comerciais tinham que pagar cerca de 300$ /ano.

WebCrawler nasce no mesmo ano que o Yahoo!  E é lançado o primeiro mecanismo que indexa páginas inteiras, fazendo com que este seja extremamente lento durante o dia.

1995 – O motor de pesquisa Lycos de certo modo também foi lançado em 1994. Porquê de “certo modo”? Bem, este motor de busca catalogou mais de 394.000 documentos até Agosto. Em Janeiro de 1995, contavam com mais de 1,5 milhões de documentos catalogados.

1996 a 2001

1996 – Sergey Brin e Larry Page criam o antecessor do Google, o BackRub. A ideia inicial utilizava backlinks para apoiar a classificação dos sites e assim melhorar a pesquisa do utilizador.

Os backlinks contam como voto a favor através da vinculo entre dois sites. Esta ideia é a base da autoridade de um site. O algoritmo de hoje ainda tem por base o conceito inicial, daí ser tão importante o SEO que menos se fala pela sua dificuldade em implementar o SEO off page.

Ask Jeeves o primeiro motor de pesquisa que tenta fazer com que os editores humanos respondam às consultas de pesquisa, tornando-se uma presa fácil de SPAM.

Sabia que o modelo pioneiro na publicidade paga foi o Inktomi? Este forneceu um precursor antecipado dos anúncios de pagamento por clique ( pay per click – PPC )

A Lycos era o maior motor de pesquisa nesta altura contava com mais de 60 milhões de documentos indexados.

1998 – O Google é lançado oficialmente.

Overture conhecido anteriormente por Goto.com, foi o primeiro mecanismo a utilizar o modelo PPC com sucesso.

1999 – Acontece um investimento no Google por parte da Sequoia Capital e outros investidores. Além disso, a AOL seleciona o Google como parceiro de busca.

2000 – O mecanismo Teoma é lançado.

2001 – O motor de busca Excite vai à falência e é comprado por US $ 10 milhões.

AskJeeves compra o Teoma para substituir o seu modelo de motor de busca direto.

2002 a 2008

2002 – A Yahoo! compra outros motores de pesquisa para alcançar organicamente outros resultados de pesquisa para os seus clientes.

2003 – Overture é adquirida pela AllTheWeb por US $ 70 milhões e a Inktomi comprada pelo Yahoo! por US $ 235 milhões. A Yahoo! depois acaba por comprar a Overture por US $ 1,63 bilhão.

O Google anuncia a primeira atualização do algoritmo de pesquisa na SES Boston do nordeste, e é por isso que é chamada de atualiçação “Boston”.

2004 – A Microsoft lança o seu novo mecanismo de pesquisa o MSN.

2005 – Este mecanismo de busca da Microsoft o MSN começa por utilizar a sua tecnologia interna em favor do Yahoo!

IAC (Ticketmaster.com e Match.com ) adquirem a Ask Jeeves por US $ 1,85 bilhão. Mudam o nome para Ask.com e dispensam o mecanismo de pesquisa Teoma.

Os principais motores de busca começam a utilizar a tag “nofollow” para eliminar da sua indexação os blogs com spam.

O mecanismo de busca MSN da Microsoft começa a usar sua tecnologia interna em favor do Yahoo! resultados.

2007 – Este ano o Google cria a “Pesquisa Universal”.Em vez das 10 listagens tradicionais, adicionaram recursos para Notícias, Vídeos, Imagens, Local e outras.

2008 – É feito o lançamento do “Google Suggest” onde fornece listas suspensas em tópicos sugeridos.

2009 a 2017

2009 – O MSN torna-se no Bink.

2010 – O Google aprimorou seu sistema de indexação na web para aprimorar novos resultados de pesquisa em 50%. Eles chamam a atualização de cafeína.

O Google Instant mostra resultados de pesquisa em tempo real para os usuários quando eles inserem uma consulta.

2011 – Para tornar a Internet mais estruturada os principais motores de busca criam o Schema.org.

O Google inicia a sua primeira alteração significativa no algoritmo para melhorar os resultados de pesquisa. O algoritmo conhecido por “Panda” que teve o objetivo de reduzir a eficácia de farms de conteúdo e sites de scrapers. A atualização acaba por afetar 12% de todos os resultados de pesquisa só nos EUA.

2012 – Após lançamento do “Panda”, o Google lança a atualiação do algoritmo Google “Penguin”. Esta atulização penaliza sites que compram links ou utilizam redes de links para aumentar o seu ranking de pesquisa.

2013 – O Google revoluciona o seu algoritmo de busca novamente com a atualização do Hummingbird. Este algoritmo é a primeira tentativa de um motor de pesquisa entender qual a intenção de consulta do utilizador. O histórico de pesquisas até então tinha como foco melhorar as pesquisas de idioma.

2014 – O Yahoo! converte-se no motor de busca padrão do Mozilla Firefox nos EUA.

O algoritmo “Pigeon” do Google atualiza os resultados de pesquisa local no motor, com o objetivo de fornecer resultados de pesquisa locais com maior precisão e relevância para os utilizadores.

O Google impõe a segurança do site agora é um fator de classificação com a campanha HTTPS Everywhere.

Surge a segurança HTTPS.

2015 – O Google lança o Mobilegeddon para obrigar os sites a serem compatíveis com dispositivos móveis. Esta mudança reconhecida pelo aumento exponencial de consultas através desse aparelho.

Além do mais, o Google lança o RankBrain, um programa de aprendizagem que automatiza o algoritmo de classificação.

O Bing copia algum do algoritmo do Google, essencialmente a otimização para dispositivos móveis.

2016 – O Google “Possum” ataca os sites de SPAM locais, assim como a tag “nofollow”, em tempos removeu sites com SPAM.

Também integraram na atualização do Google “Penguin” mais concretamente no algoritmo de classificação principal para garantir a eliminação definitiva dos link farm.

2017 – O Google penaliza sites que utilizam anúncios intersticiais e pop-up que deterioram a experiência móvel.

É realizada também a atualização “Fred” que tem como core penalizar sites com backlinks de baixa qualidade, bem como aqueles que valorizam o dinheiro em detrimento da experiência do utilizador.

 

Como pode verificar muito aconteceu durante estes últimos anos, tornando a história dos motores de busca fascinante porque, inicialmente, não se suspeitava que o Google iria dominar os motores de pesquisa conforme tem vindo acontecer.

Mas agora, que já conhece a história e percebeu a tendência é o momento ideal para partilharmos consigo a lista de motores de pesquisa nacionais e internacionais.

Preparado?

Descubra agora quais os motores de busca mais utilizados

Uma vez, que já entendeu o são motores de busca e conhece a sua história, vamos avançar.

É o momento para conhecer os motores de busca mais utilizados além do Gigante Google e, que alguns provavelmente nunca ouviu falar.

1. Bing

Não é o caso deste motor de pesquisa, criado pela Microsoft, e também é o principal concorrente do Google.

Portanto, ao adquirir um computador com o sistema operativo Windows, o navegador padrão é o Edge e o seu mecanismo de busca será o Bing.

Em parte, isso ajuda a justificar a vice-liderança neste ranking, embora de longe o Google encontra-se numa posição mais estável.

Desde sempre o Bing é conhecido como a alternativa ao Google, algo que se mantém até hoje, e não parece que vá conseguir conquistar a preferência dos utilizadores no futuro próximo.

2. Yahoo

Sabia que imensas pessoas utiliza o Yahoo como provedor de e-mail, mas não tem conhecimento de que o site funciona também como motor de pesquisa? Verdade!

Embora grande maioria dos utilizadores pertençam ao mercado americano, não apresentam números expressivos, mesmo sendo o mecanismo padrão nos navegadores Mozilla Firefox.

A sua desvantagem é ser uma plataforma comum, que apenas apresenta ou melhor dizendo replica os resultados do Bing e Google, sem qualquer melhoramento na experiência do utilizador.

No entanto, para aqueles que desejam ter os resultados dos dois melhores motores de busca no mesmo browser, o Yahoo é uma boa opção.

3. Ask.com

Bom, a marca Ask que em inglês, significa perguntar, não podia ter feito melhor escolha.

É certamente, um bom conceito para entender como este mecanismo de pesquisa funciona.

O Ask.com além da sua pesquisa tradicional, também abriu um espaço para a troca de conhecimento entre os utilizadores.

Se já usou o Yahoo! ou o Quora, já deve ter visto como este tipo de plataforma funciona. Basicamente o utilizador coloca uma dúvida e a comunidade oferece as respostas.

4. AOL.com

Este é um dos provedores de Internet e e-mail mais potencial, a AOL incrivelmente surge no top 10 dos motores de busca.

Embora a sua participação no mercado, é praticamente nula, ou seja, segundo a netmarketshare ela é de 0,06%.

Foi comprada pela Verzion Communications em 2015, a AOL atualmente é conhecida não pelo seu motor de busca conforme verificamos, mas por ser proprietária de portais como engadget.com e huffingtonpost.com

5. Baidu

Sabia que é bem provável que num futuro próximo o Baidu irá disputar a vice-liderança com o Bing?

Este não conta só com o simples facto de ser mecanismo de busca chinês, é também o mais popular num dos mais países com a maior população do mundo.

Assim sendo, não seria de esperar que o seu desempenho seja extremamente bom?

O Baidu não é um motor novo, foi fundado em 2000. Mas só recentemente a sua participação no mercado tem aumentado o que nos leva a crer ser

É a mesma para acreditar que, em breve, ele vai galgar posições e, quem sabe, disputar a vice-liderança com o Bing.

É que o Baidu é um site de busca chinês, simplesmente o mais popular no mais popular país do mundo.

Faz sentido esperar um bom desempenho dele, não é mesmo?

O Baidu embora tenha sido fundado em 2000, só recentemente aumentou a sua participação no mercado, o que pode ser um indício do que pode surgir no futuro.

6. Wolframalpha

Este é talvez um dos motores de busca que ainda é ignorado pela maioria das pessoas.

Porquê?

O Wolframalpha não se denonima como motor de busca, mas como mecanismo de conhecimento computacional.

Portanto, ou seja, não são apenas pesquisas sobre dados e factos nos mais variados temas.

Este site funciona também como calculadora, e não só, inclui simulador de financiamento ou ROI, apresentando resultados no próprio site, evitando direcionar o utilizador para outro local.

7. DuckDuckGo

Este motor de pesquisa tem conseguido chamar atenção.

Acredite não é muito dificil de encontrar artigos de profissionais em SEO e programação a destacar o DuckDuckGo.

Tudo isto devido a algumas particularidades que o diferenciam de outros mecanismo no mercado e até do próprio Google.

Vantagem principal, não há anúncios!

Não recolhe qualquer tipo de informação do utilizador com a desculpa de oferecer uma melhor experiência.

As suas estatísticas de tráfego apresentam 45 milhões de pesquisas diárias.

8. Archive.org

O Archive.org é sem dúvida uma adição às ferramentas de analistas SEO e programadores, já que permite conferir versões antigas de sites e páginas na Internet desde 1996.

Uma das finalidades interessantes é conseguirmos descobrir o tipo de conteúdo existente num domínio em uma data específica.

Certamente já conseguiu perceber que este site tem uma proposta distinta e de grande utilidade.

9. Yandex.ru

Um motor de pesquisa russo, país onde domina 65 % do mercado.

Bastante próximo às funcionalidades do Google e, mas mesmo assim consegue manter-se no topo.

10. Outros

Não menos importantes partilhamos outros motores de busca:

  • Sapo
  • Leme
  • IOL
  • Terravista
  • Quora
  • Boardreader
  • StartPage
  • Ecosia
  • Qwant
  • Search Encrypt

 

Agora que já sabe o que são motores de busca, conheceu a sua história e sabe quais os mais utilizados.

Certamente, reconhece a importância de ter uma estratégia de marketing e SEO bem aplicada no seu negócio digital.

Assim sendo, para que possa começar aplicar algumas técnicas fundamentais de otimização de sites, queremos convidar-lo a descarregar gratuitamente o nosso Ebook SEO.

ebook seo chegar ao topo do google

 

Comece ainda hoje a implementar as técnicas que levaram ao crescimento do seu negócio!

Se tiver dificuldade ou pretender implementar uma estratégia avançada de otimização, a Convergente pode ajudá-lo.

Basta-nos enviar uma mensagem pelo chat ou contactos.

 

Partilhe este conteúdo pelo menos com um amigo! 😉 Esta pequena ação vai permitir o nosso conteúdo relevante e grátis ser conhecido e seguir o seu propósito – o de ajudar o próximo!

Até à próxima!

 

 

adicionar url a motores de busca, exemplos de motores de busca, motores de busca cientificos, motores de busca da internet exemplos, motores de busca gratis, motores de busca internacionais, motores de busca internet, motores de busca mais utilizados, motores de busca mais utilizados no mundo, motores de busca na internet, motores de busca nacionais, motores de busca o que é, motores de busca portugueses, o que são motores de busca, o que são os motores de busca? exemplos, para que servem os motores de busca, tendencia motores de busca