email marketing guia passo a passo

Guia passo a passo de como fazer um email marketing

Como fazer email marketing?

Segundo os nossos cálculos, esta é uma das dúvidas mais predominantes!

Se há alguns anos atrás grande parte dos marketers alegavam a morte do email marketing, hoje é um dos grande pilares do Inbound Marketing.

Acreditavam que o email marketing não iria ter pedalagem para acompanhar o boom das redes sociais e das apps emergentes.

A profecia não se realizou, uma vez que o email sofreu uma reviravolta incrível com a mudança de pesquisa e comportamento do consumidor.

É por isso o canal mais efetivo na geração de leads e vendas online. Para além de ser cada vez mais utilizado na nutrição de leads, fidelização de clientes, mas também em campanhas de retargeting e, acompanhamento pós-venda.

Apesar de ser uma ferramenta de marketing muito versátil, ainda existem muitas empresas que não sabem como planear uma estratégia de email marketing.

Como agência digital, decidimos que está na altura de abraçar um novo desafio e preparar um breve guia para o ajudar passo a passo na sua primeira campanha de email marketing.

Tudo a postos?

                

Porque deve usar emails?

Através deste canal de comunicação conseguirá conversar e nutrir potenciais clientes, mostrando-se presente e, transmitindo o quanto são relevantes para a sua empresa.

Prepare-se: alguns vão entrar em contacto porque estão interessados nalgum dos seus produtos que servem as suas necessidades.

Este primeiro diálogo poderá potenciar uma forte conexão com o lead, que mais tarde se for bem trabalhada poderá prepará-lo para a venda!

Este canal, para além de estabelecer uma comunicação direta e profissional, ainda poderá ser usado para criar o status da sua marca.

Ser top of mind é mais que um sinal de distinção e notoriedade, mas para chegar a este patamar deverá concentrar-se em agregar valor à comunicação com o lead.

Não se esqueça que o conteúdo é o centro que alimenta esta relação desde o início!

Podíamos passar o dia inteiro a falar das vantagens de usar emails e, mesmo assim não seria suficiente!

Por último, destacamos este canal como exímio na prospeção de novos clientes.

Na teoria, estes objetivos deslumbram os empreendedores, mas muitos ficam para atrás na hora de os concretizar na prática.

Afinal, como pode potenciar a aquisição de clientes?

 

Como conquistar uma lista de emails?

 

1. Crie uma oferta relevante

Foque toda a sua energia na persona do seu negócio! Ela terá os seus problemas e dores e, a sua empresa soluções que a poderão ajudar a solucioná-los.

Assim que identificar os problemas é altura de criar conteúdo relevante para acabar de vez com as suas inseguranças e desafios.

Neste momento, estamos no topo do funil onde precisa de atrair a atenção do maior número de leads.

O formato e conteúdo devem ser determinados quando souber os assuntos que geram interesse para a persona e as suas preferências, em termos de consumo.

Aqui tem boas ideias:

  • Ebooks;
  • Whitepapers;
  • Webinars;
  • Podcasts;
  • Infográficos;
  • Cursos online

              

2. Possua uma boa página de captura (Landing Page)

Agora, deve criar o melhor local para a sua oferta ser promovida!

A função das landing pages é transformar um visitante em lead.

Para isso, devem ser criadas com extrema atenção para convencer o visitante a preencher o seu formulário!

Qual será a estrutura de uma landing page de sucesso?

  • Imagem de capa: que indique ao visitante o objetivo, seja para se inscrever em um webinar, descarregar um e-book ou registar-se num curso.
  • Conteúdo: Títulos, subtítulos e todo o restante do conteúdo deve convencer o visitante a realizar a ação desejada. A ação deverá ser preencher o formulário para receber o conteúdo em troca;
  • Formulário: Apesar de algumas pessoas não gostarem de formulários longos, o que definirá o tamanho do seu é a sua própria necessidade.
  • Thank you page: A página de obrigado é a próxima etapa – após a conversão – e que deverá criar junto com a página de captura. É nela que a persona receberá o conteúdo ou as indicações para usufruir da oferta. Seja receber um email, marcar na agenda a data do webinar ou clicar num link para descarregar o material.

Falhar na criação de qualquer uma das etapas, comprometerá a taxa de conversão da sua página (a métrica que comprova o resultado de seus esforços!).

 

3. Site e páginas otimizadas para conversão

Ao tornar as suas páginas otimizadas para conversão, isto é, otimizadas para gerar leads, estará num bom caminho para potencializar o número de emails que chegam na sua base de contactos!

Na prática, deve criar o maior número de acessos no blog e site.

Como é possível?

O Pop-up e a sidebar podem ser bons aliados na hora de gerar mais tráfego orgânico para o seu site.

 

Acredito que esteja ansioso/a para começar a aplicar esta estratégia na prática!

Afinal, como poderá fazer um email marketing otimizado e eficiente?

Como prometido vamos ajudá-lo a construir uma estratégia com cabeça, tronco e membros!

 

Entenda como faze um email marketing – Passo a passo

Veja como na prática é simples:

 

1. Escolha um software de email marketing

Um bom software ou plataforma de email marketing irá ajudá-lo a segmentar contactos, inserir campos personalizáveis, definir e editar os templates e, ainda conter opções de automatização que permitam definir o tempo entre cada mensagem.

A somar a isto deve poder contar com uma ferramenta que ofereça suporte 24/7 para problemas técnicos e quanto à melhor forma de a utilizar.

Se não tiver muita queda para o design ou, não tiver bons fundamentos de HTML e CSS deverá escolher uma boa plataforma que prima pela qualidade do layout. Muitas chegam a disponibilizar templates personalizados e responsivos para email marketing!

O mercado está recheado de boas ferramentas de email marketing, no entanto a Convergente recomenda o MailChimp ou o Aweber, uma vez que integram as principais redes sociais, gestores de conteúdo e sistemas de e-commerce.

 

2. Crie uma lista de emails segmentada

Nunca é demais recordar que o Email Marketing deve estar integrado numa estratégia de marketing de Conteúdo: o foco é sempre o conteúdo direcionado às necessidades e dores da persona, o seu potencial cliente!

Os leads vão estar sempre em fases diferentes do funil de vendas e, para garantir que eles avançam é importante criar comunicações personalizadas e exclusivas!

As listas de email devem ser segmentadas tendo em conta os interesses e o momento concreto do lead no funil.

Na primeira ou segunda etapa do funil, os leads ainda estão à procura de informações, da maneira que se insistir em enviar propostas é evidente que os vai perder, uma vez que ainda não estão prontos para a venda.

Construir uma lista de contactos pode ser uma verdadeira dor de cabeça, mas não caía na tentação de comprar uma lista já segmentada!

Ao envio de comunicações não solicitadas ou autorizadas damos o nome de Spam e, fica a saber que grande parte das plataformas de disparo não aceitam estas listas.

Além de muitos emails dessas listas já terem sido desativados, podem manchar a imagem da sua empresa num ápice!

Quer captar leads?

Comece por atrair a atenção de novos visitantes para o seu site, com conteúdo focado nas soluções das suas inquietudes e, ofereça material de valor em troca de dados de contacto!

 

3. Defina o formato da sua campanha de email marketing

Como já sabe, cada campanha ou ação vai exigir um formato específico, que terá em conta o objetivo dos emails enviados:

  • Uma newsletter a anunciar os últimos artigos que publicou no blog;
  • Email sazonal a anunciar campanha de natal ou páscoa;
  • Email a parabenizar o lead por ter assinado a newsletter;
  • Newsletter com o lançamento de novos produtos;
  • Enviar uma resposta automática, após submeter um formulário ou inserir os dados para os direcionar para uma landing page;
  • Enviar email de confirmação, quando o cliente compra um produto numa loja ou se regista num site;

 

Como pode reparar alguns dos objetivos é evidente o objetivo de conversão, já noutros a nutrição do lead!

Assim que deixar claro os objetivos poderá definir o formato ideal para cada campanha.

 

4. Escolha o template do email marketing

Já sabe o formato e o conteúdo, mas falta idealizar e projetar como é que essa comunicação será apresentada.

Se seguiu o nosso conselho e escolheu uma boa plataforma a nível de design, não terá com o que se preocupar!

É imperativo acertar no template do email, para isso tenha em consideração:

  • As cores e a identidade visual da sua marca;
  • Seja seletivo na quantidade de informação que vai dispor para criar um template objetivo, direto e limpo;
  • Manipule a tipografia a seu favor! Destaque as informações mais importantes, deixando-as a cor ou um pouco maiores, para captar a atenção;
  • Não exagere no uso de imagens. A maioria vai visualizar os emails em dispositivos moveis, por isso é crucial que estas carreguem rápido! Escolha templates mobile friednly!

 

5. Crie o conteúdo do email

Chegámos à etapa mais importante para aprender a fazer email marketing!

O assunto do email é decisivo para a taxa de abertura, mas é o conteúdo do email que determina a taxa de cliques e, que no final do dia vai converter leads em clientes.

As boas práticas para ter sucesso no email marketing defendem que deve evitar textos muito longos, sem qualquer espaçamento entre os parágrafos!

Ao invés, utilize frases curtas e objetivas com um call to action que indique claramente a ação que o lead deve desempenhar no site, no blog ou no seu e-commerce.

O objetivo é convencer o lead a clicar num link para ser direcionado para as redes sociais, blog, loja online ou para uma página do site focada em conversão (como o preçário dos produtos).

Mas, o que deverá ponderar antes de produzir o conteúdo?

Medite sobre os seguintes pontos:

  • O que quer divulgar no email?
  • Quais são os atrativos que vai oferecer aos leads?
  • Como vai salientar as vantagens desses atrativos?
  • Que tipo de ação espera ver realizada após a leitura do email?

 

6. Defina as metas e métricas que irá acompanhar

No marketing digital somos obcecados com métricas e, nenhuma pode ser negligenciada!

É crucial monitorar de perto os resultados para sabem que campanhas estão a gerar bons resultados e, descobrir que ajustes devem ser feitos.

Afinal, quais deverão ser as metas e como se mede na prática a performance?

Se o objetivo é aumentar a taxa de conversão: perceba quantos leads clicaram nos links dos emails e, quantos finalizaram a compra.

Se o objetivo é aumentar a interação nas redes sociais: descubra quantos chegaram ao perfil das redes sociais através do email e, quantos começaram a seguir a página.

As métricas mais importantes são a taxa de abertura e a taxa de cliques!

 

7. Envie as suas campanhas sempre com a mesma periodicidade

As dúvidas persistem em relação a qual é o melhor horário para enviar email marketing?

Não conhecemos nenhuma formula mágica, porque depende dos seus objetivos, do perfil e do comportamento do seu público-alvo!

Como já mencionamos várias vezes, o objetivo do email marketing é construir um relacionamento duradouro, mas tal só é possível se respeitar a periodicidade.

Não se esqueça que os leads consideraram os seus conteúdos uteis e relevantes logo, aguardam por uma nova comunicação.

O pior passo em falso é ser inconsistente no envio de emails, para além da sua imagem ser questionada tal como o seu profissionalismo.

No entanto, não esteja sempre a incomodar os leads, a insistência poderá contribuir a que os seus contactos desaparecem da sua lista e, que marquem os seus emails como Spam.

 

8. Faça testes A/B com o seu email marketing

Outra dúvida muito pertinente que recebemos: o que significa o termo testes a/b?

Estes testes de desempenho são indispensáveis para otimizar as suas ações de marketing digital!

Este teste consiste em comparar a performance de duas ou mais campanhas diferentes ou duas versões da mesma campanha.

Para isso deve utilizar indicadores como taxas de conversão, taxas de cliques e outras métricas importantes que tenha definido para decifrar o que está de facto a gerar resultados.

Conselho: Faça testes regularmente para que as suas campanhas sejam cada vez mais eficientes.

Este foi o guia passo a passo para fazer a sua primeira campanha de email marketing!

Acreditamos que podemos ser bons parceiros de negócio e, podemos ajudá-lo a gerar mais tráfego e conversão através da nossa estratégia de email marketing!

Vamos conversar?

Basta-nos enviar uma mensagem pelo chat ou contactos.

 

Partilhe este conteúdo pelo menos com um amigo! 😉 Esta pequena ação vai permitir o nosso conteúdo relevante e grátis ser conhecido e seguir o seu propósito – o de ajudar o próximo!

Até à próxima!

 

 

criar email, email marketing gratuito, email marketing melhores práticas, email marketing o que é, email marketing para que serve, email marketing vantagens, o que é email marketing, o que é o email marketing, o que significa o termo testes a/b, porque é importante o email marketing, qual é a vantagem de utilizar marketing por email?, qual o melhor serviço de email marketing


Beatriz Monteiro

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior e com certificados em Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing. Desde tenra idade sempre fui uma comunicadora nata! O fascínio pelo Marketing Digital surge pela evolução tecnológica associada ao novo modo como comunicamos com as pessoas.